Famosos Fato

Acidente envolvendo micro-ônibus de time de vôlei deixa três mortos em SC

Um acidente entre uma caminhonete e o micro-ônibus do time de vôlei Curitibanos deixou três pessoas mortas na noite de domingo. A colisão ocorreu na BR-282, em Lages, na Serra catarinense. A equipe havia disputado um quadrangular na cidade e voltava de viagem quando a caminhonete em alta velocidade se chocou com o micro-ônibus que transportava 11 atletas. Todos passam bem.

Três ocupantes do outro veículo, no entanto, não resistiram aos ferimentos e morreram. Sem controle, ele invadiu a pista contrária e rodou antes de causar o acidente. A Polícia Rodoviária Federal (PFR) informou que as vítimas são a motorista de 31 anos, um homem de 29 e uma criança. Antes do impacto, os jogadores dos Curitibanos, de idade entre 17 e 22 anos, conversavam sobre o torneio que disputaram.

O time saiu da cidade paranaense perto das 12h para participar das partidas em Lages. Após jantarem, pegaram o ônibus de volta, e perto das 21h, sofreram a colisão. Mateus dos Santos, de 22 anos, relatou o momento do acidente ao jornal O Globo. “Estava todo mundo meio deitado, querendo dormir, quando a moça da caminhonete perdeu o controle e invadiu a nossa pista. Nosso motorista tentou frear, segurou o máximo que pôde, mas não conseguiu evitar. A gravidade do acidente foi mais pela velocidade da caminhonete. Conseguiu jogar até o ônibus para trás”, disse.

Mateus contou que quebrou um dente com o impacto da batida. Outro atleta fraturou a mandíbula, e o motorista fraturou as costelas. O restante dos passageiros teve ferimentos leves. Em choque, os atletas rapidamente deixaram o veículo por conta de um vazamento de óleo que poderia causar uma explosão. O Corpo de Bombeiros se dirigiu ao local e socorreu primeiro os ocupantes da caminhonete.

“Começou a vazar óleo do ônibus e o outro carro tinha risco de pegar fogo. Então todo mundo saiu, foi para o acostamento rápido. Mas logo vários carros se mobilizaram, e as pessoas vieram ajudar”, relatou Renan Caus, de 17 anos, integrante do time de vôlei.

Após duas horas, toda equipe foi atendida e retornou a Curitibanos com outro micro-ônibus enviado pela empresa responsável. Por lá, passaram pelo hospital da cidade e foram liberados mais tarde.

Hits: 3

Redação Ms de Fato

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário


”Play”

Enviar Mensagem
Posso ajudar?
Olá
Tudo Bem?