Política

Deputados aprovam título de cidadão sul-mato-grossense in memorian a Cabo Almi

Título in memorian de cidadão sul-mato-grossense ao deputado estadual Cabo Almi (PT), vítima da Covid-19 em maio deste ano, foi aprovado pelos deputados estaduais nesta quarta-feira (22).

Quem apresentou o título foi o deputado Amarildo Cruz (PT), que assumiu a cadeira de Almi. Os deputados foram unânimes na aprovação.

Segundo Amarildo, o título in memorian é para prestar homenagem ao Cabo Almi. “Ele teve quatro mandatos de vereador em Campo Grande e três mandatos de deputado estadual. Nada mais justo essa homenagem”.

Cabo Almi morreu aos 58 anos, no dia 24 de maio. Ele ficou internado desde 7 de maio no Hospital da Cassems, em Campo Grande, tratando da Covid-19. Dois dias antes da internação, em 5 de maio, ele foi diagnosticado com a doença causada pelo novo coronavírus, assim como a esposa, a nora e um dos filhos. Ele começou o tratamento em casa, mas precisou ser intubado após uma piora no quadro.

Almi era do Paraná, de Jardim Olinda. Ele veio com a família ainda criança para Mato Grosso do Sul, fixando residência no distrito de Lagoa Bonita, em Deodápolis. Mudou-se para Campo Grande em 1982. Antes de ingressar na PMMS (Polícia Militar de Mato Grosso do Sul), trabalhou como cobrador de ônibus, empacotador e promotor de vendas de indústria de alimentos, além de se formar como torneiro mecânico pelo Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial).

Midiamax

Hits: 4

Redação Ms de Fato

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário


”Play”

Enviar Mensagem
Posso ajudar?
Olá
Tudo Bem?