Fatos & Dicas

Menina de 8 anos é o primeiro caso de leishmaniose de 2021 em MS

Nesta quarta-feira (7), Três Lagoas, município a 326 km de Campo Grande, registrou o primeiro caso de leishmaniose de Mato Grosso do Sul. A primeira com a doença em 2021 no Estado é uma menina de apenas oito anos.

De acordo com a Secretaria de Saúde de Três Lagoas, o caso foi confirmado na 13ª semana epidemiológica da doença. Mas a confirmação é referente a 11ª semana.

Assim, o boletim explica que a criança já está em tratamento. Outro caso de leishmaniose foi notificado, porém, foi descartado.

Em 2020, o município também registrou o primeiro caso de leishmaniose do Estado. Segundo a Secretaria de Saúde de Três Lagoas, três casos da doença foram confirmados ano passado na cidade. Outras 44 notificações foram descartadas.

Como é transmitida
De acordo com o Ministério da Saúde, a Leishmaniose Visceral é uma doença causada por um protozoário da espécie Leishmania chagasi. Assim, ela é transmitida por meio da picada de insetos conhecidos popularmente como mosquito palha, asa-dura, tatuquiras, birigui e outros.

Os principais sintomas são: febre de longa duração, aumento do fígado e baço, perda de peso, fraqueza, redução da força muscular e anemia.

Hits: 3

Eidson Brito

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enviar Mensagem
Posso ajudar?
Olá
Tudo Bem?