Cidades

Ministério da Saúde já definiu quem será vacinado em maio; confira se você está na lista

Foto: Tony Winston/ Ministério da Saúde

O Ministério da Saúde já definiu o público-alvo para vacinação de covid no mês de maio. Conforme o PNI (Plano Nacional de Imunização), os próximos da fila são as pessoas que possuem doenças consideradas comorbidades como problemas cardíacos e do pulmão, hipertensão arterial e diabetes, por exemplo.

Para receber a dose, é necessário comprovar possuir a comorbidade. Quem já está cadastrado no Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações ou em alguma unidade do SUS não precisa apresentar nada no momento da vacinação. Já, quem não consta nesses sistemas, poderá apresentar, no momento da vacinação, um comprovante que demonstre pertencer a um destes grupos de risco, como exames, receitas, relatório médico ou prescrição médica.

Então, o Ministério da Saúde orienta os estados a vacinarem esse público conforme a faixa etária, ou seja: as primeiras doses serão destinadas a quem possui comorbidade com idade de 55 a 59 anos, depois de 50 a 54 anos, e assim por diante. A lista de comorbidades está disponível no PNO a partir da página 27, acesse aqui.

“O grupo prioritário das comorbidades é um dos maiores da ordem estabelecida pelo Plano de Vacinação do Ministério da Saúde. São mais de 17 milhões de pessoas que, muito em breve, serão vacinadas. Esse movimento será muito importante para proteger as pessoas que estão nesse grupo de risco e, também, para a ampliação da vacinação no Brasil”, comenta o secretário de Vigilância em Saúde, Arnaldo Medeiros.

Confira a lista de comorbidades que terão prioridade na vacinação em maio:
  • Diabetes mellitus
  • Pneumopatias crônicas graves
  • Hipertensão Arterial Resistente
  • Hipertensão arterial estágio 3
  • Hipertensão arterial estágios 1 e 2 com lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade
  • Insuficiência cardíaca
  • Cor-pulmonale e hipertensão pulmonar
  • Cardiopatia hipertensiva
  • Síndromes coronarianas
  • Valvopatias
  • Miocardiopatias e pericardiopatias
  • Doenças da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas
  • Arritmias cardíacas
  • Cardiopatias congênita no adulto
  • Próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados
  • Doença cerebrovascular
  • Doença renal crônica
  • Imunossuprimidos
  • Anemia falciforme
  • Obesidade mórbida
  • Síndrome de down
  • Cirrose hepática

 

 

Fonte: Midiamax

Hits: 14