Cidades

Pantanal Cap é fechado por determinação judicial

Garras e Gaeco voltam às ruas para cumprir mandados em nova fase da Omertà.

Após determinação judicial o Pantanal Cap teve as suas atividades encerradas, nesta quarta-feira (02). A Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros (Garras) e o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) estão cumpridos mandados de busca e apreensão e prisão.

Ainda não há detalhes sobre a operação, porém há equipes na casa do deputado estadual Jamilson Name (sem partido) e na sede do Pantanal Cap. Decisão de encerramento do Pantanal Cap tem relação com a quarta fase da Omertà, chamada de Black Cat, onde foram lacradas várias barracas, pontos de venda do Pantanal Cap e algumas também de jogo do bicho. Até o fechamento da matéria não mais detalhes da operação.

Omertà

Operação envolvendo o arsenal apreendidos com um guarda municipal, acabou com a prisão preventiva do empresário Jamil Name e o filho dele Jamil Name Filho, nesta sexta-feira (27). Os dois foram detidos durante a Operação Omertà, que envolve o Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Garras), Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) e o Batalhão de Choque da Polícia Militar.

A operação foi deflagrada para cumprimento de 13 mandados de prisão preventiva, dez de prisão temporária e 21 mandados e de busca e apreensão, todos em Campo Grande. O foco é uma organização criminosa atuante na prática dos crimes de homicídio, milícia armada, corrupção ativa e passiva, dentre outros.

Anderson Ramos/Capital News

Pantanal Cap é fechado por determinação judicial

GAECO e GARRAS estão na casa do deputado estadual Jamilson Name

Fonte: Capital News

Hits: 1

Eidson Brito

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enviar Mensagem
Posso ajudar?
Olá
Tudo Bem?