DESTAQUE

Prefeitura e Sanesul firmam convênio para a permissão de ligações domiciliares no Capão Seco

Documento assinado por prefeita e diretor-presidente, tem a permissão do Incra para a exploração do Núcleo Residencial, cuja área que pertence à União.

Um passo importante para que as famílias do Núcleo Residencial do Distrito do Capão Seco, no município de Sidrolândia, tenham acesso à água encanada e tratada, na localidade, foi dado na semana passada, com a assinatura do Termo de Cessão de Uso em Área Pública para a exploração dos serviços.

Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), Sanesul e Prefeitura de Sidrolândia, são os entes envolvidos na regulamentação para que o benefício alcance os lotes da comunidade rural.

O Incra/MS, por meio de assinatura do superintendente Regional Substituto, Edson Lopes Chaparro, no dia 14/01/2021, autoriza a implantação do sistema de captação, reservação e distribuição de água no Núcleo Residencial do Capão Seco.

A prefeita Vanda Camilo, assinou no dia 03/02/2021, em nome da Prefeitura Municipal de Sidrolândia, o Termo de Cessão de Uso, ao lado de Walter Benedito Carneiro Júnior, diretor-presidente da Sanesul, e de Helianey Paulo da Silva, diretor de Engenharia e Meio Ambiente da estatal, onde o Poder Executivo Municipal concede à empresa de saneamento estadual, a cessão para a exploração dos serviços.

 

O procurador Jurídico da Prefeitura, Dr. Wellison Muchiutti Hernandes, esclareceu que havia um convênio anterior, que não previa a permissão à cessionária de realizar as ligações domiciliares. – Agora com o novo convênio assinado pela prefeita Vanda Camilo e os gestores da Sanesul, mediante autorização do Incra, ficará possível a realização deste serviço – explicou o procurador.

Investimento pela Sanesul

O Núcleo Residencial do Distrito do Capão Seco, município de Sidrolândia, tem 600 lotes, e está localizado às margens da Rodovia MS-258 “Izidro da Silveira Nantes”, há aproximadamente 30 quilômetros do perímetro urbano.

A Sanesul prevê investir no local, R$ 1,2 milhão com a implantação de 7 quilômetros de rede, perfuração de um poço para dar vazão de 15 mil metros cúbicos por hora, e reservatório com capacidade de 50 mil litros de água.

Fonte:www.sidrolandia.ms.gov.br

Hits: 5