Economia

Procon Estadual dá 10 dias para sindicato explicar aumento do etanol

Devido aos reajustes do diesel e gasolina, postos também aproveitaram para subir o preço do etanol

O Procon/MS notificou o Sindicato do Comércio Varejista de  Combustíveis, Lubrificantes e Lojas de Conveniência de Mato Grosso do Sul (Sinpetro/MS) para apresentar, no prazo de 10 dias, a justificativa para o aumento do preço do litro do etanol junto às usinas e distribuidoras nos últimos dias.

A notificação também pede que o Sinpetro indique qual o percentual aplicado para os aumentos registrados e, os motivos da elevação do preço que inviabilizam atividades laborais a pessoas que dependem dos veículos como fonte de renda e sustentação de suas famílias.

De acordo com o Procon-MS, devido aos recentes aumento nos preços da gasolina e óleo diesel autorizada pela Petrobras, alguns proprietários de postos de combustíveis elevaram, também, os valores praticados na comercialização do etanol.

COMBUSTÍVEL 

Desde o início do ano, a Petrobras realizou sucessivos reajustes nos preços de combustíveis. No último, anunciado na quinta-feira (18), o preço médio de venda de gasolina nas refinarias da estatal passou a ser R$ 2,48 por litro, um aumento médio de R$ 0,23, enquanto o preço médio do diesel foi para R$ 2,58 por litro, R$ 0,34 mais caro.

Com os novos reajustes na semana passada, o preço da gasolina vendida nas refinarias pela Petrobras já subiu neste ano 34,78%, e o diesel, 27,72%.

Na última terça-feira (23), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) editou um decreto que obriga postos de combustíveis em todo o país a informar a composição do valor cobrado na bomba em painel em local visível, a medida entrará em vigor em 30 dias.

O painel deverá informar:

  • O valor médio regional do combustível no produtor ou no importador;
  • O preço de referência usado para a cobrança do ICMS, que é cobrado pelos estados, e o valor do imposto;
  • O valor do PIS/Cofins e da Cide, ambos cobrados pela União.

Além do detalhamento do preço do combustível em painel, os postos que praticam tarifa promocional vinculada a programas de fidelização deverão informar aos consumidores o preço promocional, o preço real e valor do desconto.

Fonte: correiodoestado.com.br

Hits: 10

Eidson Brito

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enviar Mensagem
Posso ajudar?
Olá
Tudo Bem?