As melhores notícias da nossa região!

Queixa-crime de Marcelo Adnet contra Mario Frias é remetida para Brasília

A queixa-crime que o humorista Marcelo Adnet apresentou contra o ator Mario Frias foi remetida da Justiça do Rio de Janeiro para Brasília. A mudança atendeu ao pedido da defesa do ex-secretário especial de Cultura do governo Bolsonaro.

O advogado Carlos Augusto Ribeiro, que representa Frias, argumentou que a ação deveria ser analisada onde Frias mora, em Brasília, e não no Rio, residência de Adnet. Os advogados do humorista concordaram com a transferência e disseram que ela não provoca prejuízos ao andamento do processo.

A decisão de remeter os autos para a capital federal foi determinada na última quarta (30) pela juíza Alessandra de Araujo Bilac Moreira Pinto, da 42ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio.

Adnet ingressou com a queixa-crime por conta de publicação feita por Frias em suas redes sociais, em setembro do ano passado. Na ocasião, o ator e político chamou o humorista de “garoto frouxo e sem futuro”, “criatura imunda”, “crápula” e outros xingamentos.

O humorista havia feito uma paródia do pronunciamento de Frias sobre o Dia da Independência.

O ator deixou o comando da Secretaria Especial de Cultura na quinta (31) para se lançar ​candidato a deputado federal por São Paulo pelo Partido Liberal, o mesmo do presidente Jair Bolsonaro e de outros nomes da cúpula da pasta que também vão concorrer nas eleições de outubro.

Talvez te interessem:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

© Copyright Meu Portal de Notícias 2022. Todos os direitos reservados.