Política

Sidrolândia recebe 3.560 doses da vacina contra o Coronavírus

Nesta 1ª Fase serão contemplados no município os trabalhadores em Saúde da linha de frente, vacinadores e indígenas maiores de 18 anos.

A Prefeitura de Sidrolândia realiza às 13h30 desta terça-feira (19/01), um ato solene para iniciar a Campanha de Vacinação contra a Covid-19. O evento, que será reservado para cumprimento das normas de biossegurança, terá como local o Hospital Beneficente Dona Elmíria Silvério Barbosa.

A prefeita Vanda Camilo se reuniu no Gabinete, hoje pela manhã, com a diretoria do Hospital, para acertar os detalhes quanto ao evento.

Foram enviados para Sidrolândia pelo Governo do Estado, informou a prefeita, 3.560 doses da Vacina Coronavac, que está sendo distribuída para todo o País pelo Ministério da Saúde.

Cb image default

Prefeita e diretora de Saúde detalham a vacinação em Sidrolândia (Foto: Rafael Brites)

Grupos de risco

Ficou definido que para esta primeira remessa, será possível imunizar os trabalhadores de Saúde que atuem na linha de frente e os da sala de vacinas, além da população indígena maior de 18 anos.

Neste quesito, a diretora de Saúde, da Secretaria Municipal de Saúde, enfermeira Maria Ignácia, detalhou que serão imunizados 245 servidores da Saúde, 24 profissionais de vacina, e 1.510 indígenas.

O Plano Nacional de Imunização prevê a aplicação de duas doses, com intervalo de 2 a 4 semanas. No caso de Sidrolândia, explicou a diretora, os vacinados receberão a segunda dose após 21 dias.

A Secretaria Municipal de Saúde comunicou que as vacinas serão realizadas por equipes capacitadas que irão até os locais, nas unidades de saúde e nas aldeias.

Cb image default

Bombeiros auxiliaram no transporte das vacinas (Foto: Assessoria)

Idosos e outros grupos de risco, na sequência

Como a quantidade de doses destinada ao município nesta primeira remessa não é suficiente para atender a demanda, outros grupos de risco receberão a vacina, gradativamente, à medida em que chegarem novos lotes a Sidrolândia.

– A programação é que, de forma escalonada, iremos receber mais vacinas e com isso atender aos demais grupos, entre eles: todos os profissionais de saúde, profissionais de segurança, idosos com 60 anos ou mais, pessoas com comorbidades – avisou a enfermeira Maria Ignácia.

Hits: 8

Eidson Brito

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enviar Mensagem
Posso ajudar?
Olá
Tudo Bem?