Polícia

Suspeito de matar a própria irmã, homem dormiu perto de corpo após o crime

(Reprodução)

Corpo foi encontrado na porta da entrada da casa e homem estava dormindo no quarto

Sem demonstrar nenhum arrependimento, o homem de 36 anos, preso suspeito de matar a própria irmã Veruska Portela Balota da Silva de 47 anos neste sábado (10) foi encontrado dormindo no quarto pelos policiais que chegaram a casa onde o crime ocorreu em Três Lagoas a 338 quilômetros de Campo Grande.

O homem estava dormindo quando recebeu voz de prisão não demonstrando nenhum arrependimento pelo crime. Já na delegacia, ele ainda teria tratado o assunto com ironia, segundo o site JP News, não colaborando com informações sobre o assassinato.

Testemunhas contaram que o suspeito era muito agressivo e que o pai, que morreu anos atrás teria sido morto com traumatismo craniano, semelhante ao assassinato da irmã, mas na época foi tratado como acidente. Ele está detido na delegacia onde aguarda para ser transferido para o presídio.

Informações passadas por testemunhas são de que os irmãos teriam discutido durante a madrugada deste sábado (10), quando em dado momento os dois entraram em luta, e homem de 36 anos, teria desferido espancado Veruska na cabeça, que acabou tendo afundamento de crânio. O corpo da vítima foi encontrado na entrada da casa onde moravam.

O irmão da vítima, que sofreria de esquizofrenia, na delegacia não deu detalhes do que aconteceu não falando nada com nada. Na casa foram encontrados vários móveis quebrados e garrafas de bebidas alcoólicas quebradas e bastante sujeira.

A mãe dos irmãos estava na casa, mas é acamada e disse não ter visto nada. O caso será investigado pela DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher).

 

Midiamax

Hits: 120

Redação Ms de Fato

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário


”Play”

Enviar Mensagem
Posso ajudar?
Olá
Tudo Bem?