As melhores notícias da nossa região!

TSE aprova primeira federação partidária e une PT, PV e PCdoB por quatro anos

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) aprovou ontem (24) à noite, por unanimidade, a criação da primeira federação partidária do país – instrumento criado a partir da reforma eleitoral de 2021. A união de siglas envolve PT, PV e PCdoB, que formarão a Federação Brasil da Esperança (FE Brasil), que terá que atuar por quatro anos unidos.

No caso, os partidos terão que dividir as urnas e também a atuação legislativa, mas seguirão tendo autonomia entre eles na gestão interna. Com a federação, cada uma das legendas não vai precisar formar chapas de 25 candidatos a deputado estadual e nove a federal, sendo que agora os números citados tevem ser atingidos conjuntamente.

Em Mato Grosso do Sul, a decisão deve ter reflexo na formação das chapas para deputado apenas, já que o PT foi o único a avançar com pré-candidaturas ao Governo do Estado e ao Senado até aqui. Os nomes indicados são, o da advogada campo-grandense Giselle Marques e do professor universitário douradense Thiago Botelho, respectivamente.

Apesar dessa união – que deixa de fora o PSB, atual partido do vice de Lula, Geraldo Alckmin – o PT segue negociando com outras siglas a formação de palanque regionais para o ex-presidente Lula na disputa pela Presidência da República.

Marquinhos Trad (PSD) e André Puccinelli (MDB) são os nomes cogitados para assumir o posto e em negociação com o diretório sul-mato-grossense. Contudo, existe uma resistência maior de Marquinhos e uma aproximação maior de Puccinelli em firmar esse acordo.

Caso nenhuma das situações se consolide, o Partido dos Trabalhadores, que ficaria imbuído de indicar o vice de um dos dois, seguiria em campanha com Giselle Marques, conforme já revelado por diversas lideranças, entre eles Zeca do PT e Vander Loubet.

OUTRAS UNIÕES

Além de PT, PV e PCdoB, também optaram pela formação de federação partidária mais quatro partidos: Cidadania e PSDB entraram com o pedido de união por quatro anos em fevereiro deste ano, enquanto o pedido de registro da federação entre Psol e Rede foi feito ontem à Justiça Eleitoral. O prazo final de formalização é o dia 31 deste mês.

Recentemente, PSL e DEM anunciaram uma fusão entre as legendas, criando assim o partido com a maior bancada em Brasília (DF) e o maior valor de fundo partidário para 2022. O dispositivo, já existente antes da reforma, acabou não sendo seguido pelos outros partidos.

Talvez te interessem:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

© Copyright Meu Portal de Notícias 2022. Todos os direitos reservados.