Saúde

Veja por quanto tempo se isolar e qual teste fazer em caso de sintomas de Covid-19

Veja quais são os sinais mais comuns e como agir

Diante da alta de casos e mortes de Covid-19 no Brasil, dúvidas sobre sintomas e testes para a doença podem surgir (ou ressurgir).

Veja quais são os sinais mais comuns e como agir.

SINTOMAS

Tosse seca, fadiga, dor de cabeça, febre ou perda do olfato são os sintomas mais comuns da Covid-19. Em alguns casos, menos comuns, há também efeitos no intestino.

É importante se isolar assim que os sintomas começarem, mesmo sem a confirmação, para evitar que outras pessoas sejam infectadas.

A transmissão, porém, pode começar pouco mais de dois dias antes do início dos sintomas, por isso, é importante também avisar pessoas com quem houve contato para quebrar o ciclo de disseminação da doença.

QUAL TESTE FAZER?

A indicação da SBI (Sociedade Brasileira de Infectologia) é fazer o teste PCR, que coleta material da região da nasofaringe com o auxílio de um swab (um tipo de cotonete comprido). O teste é considerado padrão ouro para o diagnóstico da infecção aguda, ou seja, para saber se a pessoa está ou não infectada naquele momento.

O exame, porém, não exclui a possibilidade de falsos- egativos (ou seja, de a pessoa estar com o vírus mas o resultado dar negativo). Por isso, se o teste der negativo mas houver forte suspeita clínica, com sintomas compatíveis, a pessoa deve permanecer em isolamento mesmo assim por, pelo menos, dez dias.

O teste de antígenos é mais barato e mais rápido que o PCR e também é uma possibilidade, segundo a SBI. Mas a sensibilidade dele é inferior à encontrada no PCR. Novamente, um resultado negativo não necessariamente descarta a infecção pelo Sars-CoV-2.

Já os teste sorológicos (exames de sangue), que que podem ser encontrados em farmácias, por exemplo, não são indicados para detectar se a pessoa está com o vírus. Eles buscam os anticorpos contra o Sars-CoV-2 no sangue e, por isso, servem somente para apontar uma infecção anterior.

QUANDO FAZER O TESTE?

Para diminuir a chance de erro, a recomendação é que o PCR seja feito na primeira semana de sintomas, entre o terceiro e o sétimo dia após o início dos sintomas. Fazer o teste no mesmo dia em que os sintomas aparecerem pode não trazer resultados fidedignos.
O mesmo vale para o teste de antígenos, que deve ser feito na primeira semana.

O QUE OS RESULTADOS SIGNIFICAM?

Um teste de coronavírus pode produzir um de três resultados: positivo (vírus detectado), negativo (vírus não detectado) ou inconclusivo.

Positivo: Quer dizer que você deve continuar em casa, isolado e deve alertar as pessoas com quem esteve nos últimos dias. Também vale a pena entrar em contato (via teleconsulta, por exemplo, evitando assim deslocamento e a chance de contaminar outras pessoas) com um médico para receber orientações. Isso se torna ainda mais importante caso você se sinta mal.

Negativo: Por mais tranquilizador que seja de início, não se trata de passe livre, especialmente se você estiver com sintomas compatíveis. Todos os cuidados permanecem iguais, principalmente pela possibilidade de falso-negativo -o vírus pode apenas ainda não ter alcançado um nível detectável.

Inconclusivo: Isso pode acontecer porque a amostra está inadequada ou contaminada ou ainda porque ela se perdeu. Pode-se fazer um novo teste, mas, dependendo de quanto tempo levará o resultado, talvez seja mais fácil simplesmente completar o tempo de isolamento.

QUANDO PROCURAR AJUDA?

Os sintomas, em geral, melhoram depois de alguns dias, mas é importante ficar atento para o caso de eles não passarem ou piorarem. Em casos de falta de ar, desconforto respiratório e coloração azul da pele na boca e em outras extremidades do corpo, deve-se procurar um pronto-atendimento imediatamente.

Um oxímetro (aparelho mede o nível de oxigênio no sangue) é um bom companheiro para quem está em isolamento em casa com Covid. Ele é importante principalmente para evitar a hipóxia silenciosa, quando a pessoa não está com saturação adequada de oxigênio no sangue, mas não tem sintomas condizentes com isso (como falta de ar). Oxigenação inferior a 95% requer a busca por atendimento médico.

QUANDO INTERROMPER O ISOLAMENTO?

Segundo dados atualizados em fevereiro de 2021 pelo CDC (Centro de Controle de Doenças dos EUA), pessoas que tiveram Covid leve ou moderada podem interromper o isolamento depois de dez dias, contados a partir do 1º dia de sintomas e com a melhora dos demais sintomas.

O mesmo tempo de isolamento se aplica para pessoas que não tiveram sintomas. Nesse caso, deve-se contar os dez dias a partir do resultado positivo do PCR.

Para os que tiveram Covid grave, o isolamento pode durar até 20 dias, pela possibilidade de ainda haver replicação de vírus e, consequentemente, a chance de infectar outras pessoas. Para pessoas com problemas de imunidade, a duração do isolamento pode ser superior aos 20 dias.

Fonte: www.noticiasaominuto.com.br

Hits: 8

Redação Ms de Fato

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Enviar Mensagem
Posso ajudar?
Olá
Tudo Bem?