Polícia

VÍDEO flagra estuprador atacando mulher na rua com faca antes de invadir casa em Campo Grande

Imagens de câmeras de segurança mostram o momento em que o estuprador preso nesta quinta-feira (24) depois de uma força-tarefa montada pela polícia, no bairro Vida Nova em Campo Grande, ataca uma das vítimas que voltava de um mercado, na noite de quarta-feira (23). Ele estava foragido do semiaberto e já tinha atacado outras mulheres, na região.

Pelas imagens é possível ver quando o estuprador passa agarrado junto da vítima, e com uma faca no pescoço dela. Um guarda de uma escola percebe a cena e passa a gritar de dentro do portão com o criminoso, sendo que em seguida sai para ajudar a vítima. Já o estuprador foge em direção a rua onde fica a casa da mulher resgatada e levada para o hospital após ser abusada pelo homem.

A força-tarefa montada para a captura dele contou com 16 policiais e demorou cerca de 1 hora, quando ele foi encontrado após os ataques cometidos entre a noite de quarta-feira (23) e a manhã de quinta-feira (24). Duas mulheres foram atacadas, sendo que a primeira conseguiu se salvar com a ajuda de um guarda de uma escola que viu quando o homem abordou a vítima.

Ela voltava do mercado por volta das 20 horas e, quando o guarda viu a cena e passou a gritar com o homem, ele fugiu. Já a outra vítima estava em casa quando o suspeito invadiu o local por volta das 23 horas, armado com uma faca. Para a polícia, ele disse que iria roubar a moradora, mas ao perceber que ela estava sozinha cometeu o estupro.

A vítima tentou reagir, foi amarrada e agredida violentamente pelo bandido. Só no início da manhã, já por volta das 5 horas, o bandido deixou a residência da vítima. Ao perceber que estava sozinha ela gritou por socorro e foi ouvida por uma vizinha. Corpo de Bombeiros e Polícia Militar foram acionados e a mulher foi encaminhada para uma unidade de saúde.

Momentos depois, o acusado foi preso. Ele chegou a trocar de roupas para despistar os policiais. Com várias passagens por roubo, o autor estava evadido do sistema prisional.

Padrão de vítimas atacadas

A delegada Sueili Araújo confirmou que o acusado tinha um padrão de vítimas, todas mulheres que estavam sozinhas e com idade já acima dos 50 anos. A segunda vítima foi uma mulher de 57 anos, que tinha acabado de sair do mercado quando foi abordada pelo bandido na rua. O ataque foi filmado pelas câmeras de segurança da região e serão analisadas pela polícia.

Estado de saúde da mulher amarrada e agredida

Segundo informações da assessoria do hospital, a paciente está no pré-operatório para cirurgia sob cuidados da equipe da ortopedia para tratamento de luxação, fratura da mão esquerda. Ela está consciente, orientada com respiração espontânea.

 

 

Informações do Jornal midiamax.

Hits: 14

Redação Ms de Fato

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Enviar Mensagem
Posso ajudar?
Olá
Tudo Bem?